ANI - Promoção do Programa Quadro 


O que são as Missões no Horizonte Europa?

São um compromisso da UE para resolver alguns dos principais problemas que afetam a sociedade de hoje. A versão atual da missão “Homem na Lua” que pede o envolvimento de todos.

Num dos mais ambiciosos desafios até à data, a UE propõe-se a resolver questões tão abrangentes como:

  1. Encontrar uma cura para o cancro – Missão na área do Cancro
  2. O combate às alterações climáticas – Missão na área da adaptação às alterações climáticas, incluindo transformação societal
  3. O desenvolvimento das cidades do futuro – Missão na área das Cidades inteligentes e com impacto neutro no clima
  4. Assegurar a saúde do solo e alimentos – Missão na área da Saúde dos solos e alimentação
  5. Proteger os oceanos – Missão na área dos Oceanos, mares e águas costeiras e interiores saudáveis

fonte: Comissão Europeia

Cada missão terá um horizonte temporal e um orçamento adaptados ao desafio a que se propõe e tem como principal objetivo despoletar inovação orientada para a solução, com o envolvimento de todos os atores.

Cada missão irá tentar atingir o seu objetivo através de um conjunto de ações de I&I que devem envolver atores de todas as áreas e disciplinas. Cada missão será implementada recorrendo a diferentes tipologias de iniciativas que não se focalizem apenas em atividades de I&I.

Uma das grandes novidades é a necessidade de envolver os cidadãos nesta busca de soluções para os problemas que nos afetam a todos: as Missões não são só para cientistas e empresários, são para todos! Quem tiver interesse e ideias poderá estar envolvido: a participação dos cidadãos pode fazer a diferença.

fonte: Comissão Europeia

Como funcionam e como é que se pode envolver?

A Comissão Europeia é responsável pelo desenho, monitorização e avaliação das missões. As missões encontram-se ainda a ser desenhadas, existindo apensa as áreas de missão, que são necessariamente muito latas. A missão, quando definida, terá um propósito definido, assim como um título que o transmite claramente.

Um dos maiores objetivos na definição das Missões é o envolvimento ativo de todos os atores e especialmente dos cidadãos. Para o seu desenho, a Comissão conta com o apoio dos cidadãos e de um conjunto de peritos de cada uma das áreas – os denominados Mission Boards.

Os cidadãos serão auscultados de forma a poderem comunicar as suas prioridades e opiniões através de eventos a serem promovidos ao nível da Comissão e/ou ao nível de cada país (conheça aqui a listagem de eventos), discussões online e questionários que serão circulados através de aplicações sociais.

Os resultados da auscultação aos cidadãos serão apresentados nos European Research & Innovation Days, que decorrem de 22 a 24 de setembro. Neste evento os Mission Boards de cada uma das cinco áreas entregarão também as suas recomendações finais à Comissão Europeia.

Cada Mission Board das 5 áreas de missões é constituído por peritos , apoiados por um Assembleia de peritos, os membros da Mission Assembly. Conheça a lista dos peritos aqui.

Delegados (representantes) Nacionais

Outra forma de fazer chegar as suas ideias é através dos representantes (delegados) nacionais a cada uma das missões que para cada país são os vetores de comunicação para cada uma das áreas das missões. Entre em contacto connosco e tome conhecimento dos desenvolvimentos mais recentes e de como poderá contribuir!

Cancro
Patrícia Calado (AICIB)
+351 93 501 36 37
Saúde dos solos e alimentação
Maria João Fernandes
+351 939 340 005
Cidades inteligentes e com impacto neutro no clima
Luís Maia
+351 930 400 380
Sofia Azevedo
+351 939 290 920
Oceanos, mares e águas costeiras e interiores saudáveis
Ana Sutcliffe
+351 935 024 531
Maria João Fernandes
+351 939 340 005
Adaptação às alterações climáticas, incluindo transformação societal
Cristina Gouveia
+351 935 017 830
Natália Dias
+351 935 014 538

Implementação

Cada missão será implementada através de um leque de ações de I&D, que poderão ir desde a investigação mais pura e disruptiva, até ao desenvolvimento de um protótipo para o mercado e ao desenho e implementação de novas políticas. Poderá combinar diferentes tipos de ações e instrumentos de financiamento e ainda lançar calls em todos os Pilares do Horizonte Europa e suas Parcerias.

Cada missão terá uma linha temporal definida (não podendo ultrapassar os 10 anos) com um conjunto de indicadores KPI que permitam a sua monitorização.

FAQ

A Comissão disponibilizou uma lista de Perguntas Frequentes que poderá consultar aqui