ANI - Promoção do Programa Quadro 

Industrial Liaison Officer

Big Science

A “Big Science” é um conceito que engloba projetos científicos com níveis elevados de ambição e desafio tecnológico, que requerem a coordenação de esforços de vários países para os concretizar. A sua complexidade exige a criação de estruturas de governação próprias (tipicamente organizações internacionais), que administram os contributos financeiros e em espécie dos membros. Por Portugal ser membro de várias destas organizações, as nossas empresas têm acesso ao seu mercado de compras, que ascendem a vários milhares de milhões de euros anuais.

A ANI desempenha o papel de Industrial Liaison Officer (ILO) para 4 destas organizações: CERN, Fusion for Energy (ITER) e ESRF. À figura de ILO cumpre fazer a ponte entre os departamentos de compras destas organizações e o tecido empresarial nacional, com o objetivo de promover o maior número possível de contratos de fornecimentos e serviços para entidades portuguesas.

O ILO mantém contacto direto com as empresas interessadas neste mercado, distribui-lhes informação relevante sobre oportunidades de negócio, promove ações de informação, visitas técnicas, reuniões e outras formas de networking, para além de interceder nos fora próprios das respetivas organizações, no sentido de defender os interesses das empresas portuguesas.

Organizações para as quais a ANI desempenha a função de Industrial Liaison Officer:

O CERN (Organização Europeia para a Investigação Nuclear), é o mais importante centro europeu para a investigação em Física de Partículas. Foi fundado em 1954, com sede perto de Genebra (CH) e instrumentos científicos instalados num campus na fronteira franco-suíça. Portugal é membro desde 1986, contribuindo atualmente com cerca de 1% do orçamento do CERN e participação científica assegurada pelo Laboratório de Instrumentação e Física Experimental de Partículas (LIP). Toda a informação relevante sobre as compras do CERN podem ser consultadas na página dedicada, incluindo todos os “Market Surveys” ativos (para contratos de valor estimado acima de 200,000 Francos Suíços) e a base de dados de fornecedores, onde as empresas interessadas devem registar-se.

O ITER (International Termonuclear Experimental Reactor) é um grande projeto internacional de fusão nuclear, sediado em Cadarache (sul de França), que reúne a União Europeia, E.U.A., Federação Russa, China, Japão, Coreia do Sul e Índia. Cada um destes membros tem uma agência doméstica para o ITER, responsável pela entrega do seu contributo ao projeto, maioritariamente em géneros (in kind). A agência europeia é a Fusion for Energy (F4E), com sede em Barcelona. As empresas portuguesas podem aceder a contratos pela via da agência Europeia, que disponibiliza informação no Portal da Indústria, bem como pela via da ITER Organization, que disponibiliza informação na página respetiva.

O ESRF (European Synchrotron Radiation Facility), situado em Grenoble (FR), é uma das mais avançadas fontes de raios-X do mundo, alojando cerca de 50 linhas de luz experimentais para investigação em materiais e biomoléculas. Portugal é associado científico, contribuindo com 1% do orçamento, o que permite às empresas nacionais participarem no mercado de compras. Informações sobre oportunidades comerciais devem ser veiculadas diretamente pelo ILO.

Para mais informações, contactar o ILO (José Antão): jose.antao@ani.pt.